Suspensão das Atividades Escoteiras Presenciais

Escoteiros: os líderes do futuro

Uniselva participa do Desfile Cívico de 7 de Setembro

Bem-vindos ao Escotismo!

Uniselva conquista Grupo Padrão Ouro mais uma vez

Especialidade - Insígnia da Lusofonia – Pioneiro

Objetivo

A Insígnia da Lusofonia visa promover o conhecimento, o estreitamento dos laços, bem como o intercâmbio entre escoteiros dos países que integram a Comunidade Escoteira Lusófona (CEL): Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

A Insígnia da Lusofonia oferece atividades específicas para o Ramo Lobinho, Ramo Escoteiro, Ramo Sênior e Ramo Pioneiro, conforme destacamos abaixo:

Ramo Lobinho: O que há cá, de lá.

Propiciar o conhecimento das diferenças e semelhanças entre os países que integram a CEL.

Ramo Escoteiro: Trazer o de lá para cá.

Propiciar o intercambio cultural com jovens de outro país lusófono.

Ramo Sênior: Entre Lá e Cá.

Propiciar a vivência da cultura de outro país da CEL.

Ramo Pioneiro: Conhecer de perto, viver uma viagem.

Organizar e executar uma viagem a outro país lusófono, tendo contato com a linguagem, e vivenciando seus aspectos culturais e geográficos.

Requisitos a serem cumpridos para conquista da Insígnia da Lusofonia

Projeto de Viagem:

Elaborar e executar um projeto de viagem para outro país lusófono, considerando todos os aspectos operacionais, tais como:

  • Roteiro;
  • Transporte;
  • Documentos e vacinas necessárias;
  • Pontos a serem visitados;
  • Segurança;
  • Locais de hospedagem;
  • Contato com outros escoteiros;
  • Entre outros.

Apresentação:

Após a viagem, deverá ser apresentado por meio audiovisual todos os detalhes da aventura, indicando os principais aspectos culturais e geográficos do local visitado.

Concessão

Atendidas as exigências estabelecidas, a Diretoria da Unidade Escoteira Local, por proposta do Chefe de Seção, conferirá o direito de usar a Insígnia da Lusofonia, consoante as seguintes normas:

  • A Insígnia da Lusofonia pode ser conquistada a partir da Cerimônia de Integração;
  • A conquista da Insígnia da Lusofonia será assinalada pela outorga de um certificado próprio e do distintivo correspondente;
  • O distintivo da Insígnia da Lusofonia poderá ser usado no vestuário ou uniforme até ser substituído pelo mesmo distintivo nos ramos seguintes, ou até a saída do Ramo Pioneiro.