Suspensão das Atividades Escoteiras Presenciais

Escoteiros: os líderes do futuro

Uniselva participa do Desfile Cívico de 7 de Setembro

Bem-vindos ao Escotismo!

Uniselva conquista Grupo Padrão Ouro mais uma vez

Especialidade - Insígnia do Cone Sul – Escoteiro

Objetivo

A Insígnia do Cone Sul visa promover o conhecimento e intercâmbio entre escoteiros dos países que integram o Cone Sul: Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai e Bolívia.

Requisitos a serem cumpridos para conquista da Insígnia do Cone Sul

A Insígnia do Cone Sul é dividida em 4 (quatro) partes: Geografia, Cultura, Linguagem e Comunicação, e Escotismo, sendo todas obrigatórias. Para conquistá-la o jovem deverá realizar a quantidade de atividades indicadas em cada parte.

Geografia:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  • Organizar um mural sobre os países do Cone Sul e divulgar para a seção ou para o Grupo Escoteiro;
  • Pesquisar locais em outro país do Cone Sul, indicando onde poderiam ser realizadas atividades como: trilhas, acampamentos, escaladas, travessias, etc e divulgar no site da seção ou do Grupo Escoteiro;
  • Pesquisar os principais pontos turísticos de pelo menos dois países do Cone Sul.
  • Montar um quadro comparativo contendo as principais diferenças de clima, flora, fauna e relevo de pelo menos 3 países do Cone Sul.

Cultura:

Realizar pelo menos três, dentre as opções abaixo:

  • Explorar a música e a dança em pelo menos 3 países do Cone Sul, destacando quais os principais ritmos, cantores e instrumentos.
  • Fazer uma esquete baseada em uma lenda ou conto de um outro país do Cone Sul.
  • Elaborar um jantar completo (prato principal, acompanhamento, bebida e sobremesa) para sua Patrulha.
  • Ler um livro originário de outro país do Cone Sul e apresentar um resumo para sua Seção.
  • Participar de uma festa típica relativa à cultura de outro país do Cone Sul.

Linguagem e Comunicação:

Realizar pelo menos duas das atividades abaixo:

  • Acompanhar as principais notícias de um site de notícias ou jornal de outro país do Cone Sul, por pelo menos duas semanas, e apresentar uma coletânea para a sua Seção.
  • Entrar em contato com um jovem (escoteiro ou escoteira) de um outro país do Cone Sul, e produzir uma notícia sobre uma atividade realizada por ele.
  • Participar de uma atividade de radioescotismo e entrar em contato com um jovem (escoteiro ou escoteira) de outro país do Cone Sul, via radioamador ou Echolink, documentando o contato com os dados pessoais obtidos para troca de eventual correspondência, formal ou eletrônica.
  • Participar de um Home-Hospitality, recebendo por pelo menos dois dias em sua casa, um escoteiro de outro país do Cone Sul, relatando posteriormente a sua seção sua experiência com relação aos costumes do convidado e as dificuldades/facilidades de comunicação, bem como as características que temos em comum.

Escotismo:

Realizar pelo menos duas, dentre as opções abaixo:

  • Apresentar para sua Tropa como é o Escotismo em pelo menos 3 países do Cone Sul (vestuário/uniforme, distintivos, idades para ingresso, símbolo da associação, estrutura, etc).
  • Participar de um Jamboree Panamericano ou outra atividade com escoteiros de outros países do Cone Sul.
  • Participar de um JOTA – Jamboree on the Air, comprovando os contatos realizados com outros escoteiros do Cone Sul, por meio do “cartão QSL da estação” recebido.
  • Preparar um prato típico da culinária mateira, que seja popular em outro país do Cone Sul, e não usual dos Escoteiros do Brasil.
  • Aprender uma técnica de campo (pioneiria, amarra, confecção de forno, etc) que seja diferente ou não usual dos Escoteiros do Brasil, e aplica-la em uma atividade.

Concessão

Atendidas as exigências estabelecidas, a Diretoria da Unidade Escoteira Local, por proposta do Chefe de Seção, conferirá o direito de usar a Insígnia do Cone Sul, consoante as seguintes normas:

  • A Insígnia do Cone Sul pode ser conquistada a partir da Cerimônia de Integração;
  • A conquista da Insígnia do Cone Sul será assinalada pela outorga de um certificado próprio e do distintivo correspondente;
  • O distintivo da Insígnia do Cone Sul poderá ser usado no vestuário ou uniforme até ser substituído pelo mesmo distintivo nos ramos seguintes, ou até a saída do Ramo Pioneiro;