Suspensão das Atividades Escoteiras Presenciais

Escoteiros: os líderes do futuro

Uniselva participa do Desfile Cívico de 7 de Setembro

Bem-vindos ao Escotismo!

Uniselva conquista Grupo Padrão Ouro mais uma vez

Nossos Jovens

RAMO LOBINHO: Crianças de 6,5 a 10 anos

Chamadas de lobinhos e lobinhas, são divididas em equipes com até seis crianças, de ambos os sexos, que participam de atividades e jogos voltados para a sociabilização e o entretenimento. É num ambiente salutar e de constante atenção que as crianças desenvolvem o comprometimento consigo e com as demais crianças da sua equipe. O marco simbólico desse Ramo está associado a obra “O Livro da Jângal”, de Rudyard Kipling, especialmente às aventuras de Mowgli, o Menino Lobo. O lema dos lobinhos é “Melhor Possível”.

RAMO ESCOTEIRO: Jovens de 11 a 14 anos

Denominados escoteiros e escoteiras, são divididos em equipes com até oito jovens, de ambos os sexos, e participam de atividades e jogos voltados para a aventura. Para o jovem desta idade é oferecido um ambiente de responsabilidade, comprometimento e apresentado um processo simplificado de hierárquia e democracia organizado e mantido por eles mesmos. o Ramo Escoteiro tem como marco simbólico a expressão “explorar novos territórios com um grupo de amigos”. O lema dos escoteiros é “Sempre Alerta”.

RAMO SÊNIOR: Jovens de 15 a 17 anos

Chamados de seniores e guias, são divididos em equipes com até seis jovens, de ambos os sexos, e participam de atividades e jogos voltados ao desafio e a auto-superação. Para o adolescente com essa idade, é oferecido um ambiente de maior esforço físico, de realização, cumplicidade e responsabilidade. A expressão “Superar seus próprios desafios” é o marco simbólico deste Ramo. O lema dos seniores é “Sempre Alerta”.

RAMO PIONEIRO: Jovens de 18 a 21 anos imcompletos

Denominados de pioneiros e pioneiras, não possuem uma divisão estrutural, mas sim por interesse e desenvolvem atividades e projetos voltados às carências da comunidade e do Grupo Escoteiro. O Ramo Pioneiro trabalha o processo de integração do jovem com a sociedade, privilegiando a expressão da cidadania, auxiliando-o a colocar em prática a Lei e Promessa Escoteira em um mundo mais amplo. O marco simbólico deste Ramo é representado pela expressão “tenho um projeto para minha vida”. O lema dos pioneiros é “Servir”.

O JOVEM ESCOTEIRO

Todo jovem que tiver a oportunidade de desenvolver com plenitude sua vida escoteira, ao final dela, já no ingresso de sua vida adulta, possuirá conhecimentos, valores e responsabilidade para consigo e para com os outros, tornando-se um indivíduo útil à sociedade e capaz de seguir seu próprio caminho com autonomia.